Header Ads

ÚLTIMAS
recent

Moradores de Arcadas podem ter casas desapropriadas por causa da duplicação da SP-95

Local previsto, segundo o projeto, para passar a alça de acesso à SP-107
Os moradores do loteamento Jardim Guarany, no distrito de Arcadas, em Amparo (SP), vão encaminhar um abaixo-assinado à diretoria regional do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em Campinas, aonde reivindicam ao órgão que modifique trecho do projeto de duplicação da rodovia SP-95, que liga Amparo a Campinas, e que prevê a construção de uma alça viária sobre as casas e lotes do loteamento.

A revolta e indignação dos proprietários de residências e lotes do Jardim Guarany começou no início de maio quando tomaram conhecimento que o projeto de duplicação da rodovia SP-95 prevê a implantação de um dispositivo, em desnível, no entroncamento com a SP-107 , isto é, sobre praticamente 80% do loteamento e que, portanto, seus imóveis serão desapropriados pelo governo estadual.

O abaixo-assinado é encabeçado por Antonio Cláudio Gomes, que, juntamente com os outros proprietários se sente lesado e enganado pelas autoridades, principalmente as da Prefeitura de Amparo, que, segundo ele, tinham conhecimento do projeto e, mesmo assim, aprovaram o loteamento e as construções naquele local.

Prefeitura, DER e Loteador

Claudinei Toledo, também proprietário de um lote no Jardim Guarany, questionou o responsável pelo loteamento e a diretoria do DER, através de carta e como resposta, Pitarello se mostrou surpreso e garantiu que o loteamento foi aprovado por todos os órgãos públicos como a CETESB, DPERN e Prefeitura de Amparo.

O loteador garantiu ainda que não tinha conhecimento do projeto de alça viária sobre aquele trecho aonde está localizado o loteamento.

Já o engenheiro João Roberto Cyrillo, da assessoria da diretoria regional do DER de Campinas, informou, também através de carta, que enviou ofício a todas as Prefeituras , 43 no total, abrangidas pela regional, para, antes de aprovar qualquer obra ou empreendimento em áreas próximas às rodovias, consultar o DER.

Cyrillo garantiu que desde o início dos estudos para a duplicação da rodovia SP-95, a Prefeitura de Amparo foi comunicada e que acompanhou os trabalhos, inclusive com relação às questões ambientais.

O engenheiro acrescentou ainda que no Jardim Guarany, está previsto a alça viária no entroncamento da SP-95 e SP-107, mas que a diretoria regional de Campinas vai estudar a proposta de modificação na tentativa de se deslocar a obra, buscando evitar interferências com as construções do loteamento.

Cyrillo, no entanto, aconselha os moradores a não continuarem as construções, mesmo que os moradores possuam plantas aprovadas pela Prefeitura de Amparo.

Amparo News entrou em contato com a prefeitura, que não se pronunciou até final dessa reportagem.


Tecnologia do Blogger.