Header Ads

ÚLTIMAS
recent

ETE será entregue em junho e começará a funcionar em 2013, afirma secretário


Os vereadores, acompanhado da vice-prefeita Anna Luzia e do secretário de obras Eduardo Salgado, estiveram visitando as obras da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Amparo (SP), na terça-feira (10).

A obra da ETE é uma das maiores já realizadas na cidade e também a mais polêmica. O projeto iniciado em 2006 na gestão do ex-prefeito César Pagan (PT), deveria estar concluído em 2008. Uma série de fatores, entre eles, a falência da empresa BOP Construtora que realizava as obras, a interrupção por 7 meses e a abertura de nova licitação para a contratação de uma outra empresa, fizeram as obras sofrerem atrasos de quase 4 anos para sua conclusão.

A Câmara através de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) constatou irregularidades nas obras, segundo o relatório apresentado, é confirmado pelo Perito a declividade invertida na tubulação, o que pode comprometer o serviço de escoamento do esgoto coletado.  O Secretário diz ter plena certeza que toda obra executada pela BOP Construtora está correta.

Hoje cerca de 144 litros de esgoto “in natura” são despejados por segundo no Rio Camanducaia, segundo levantamento.

Durante a visita técnica, Eduardo Salgado e Anna Luzia de Castro, afirmaram que a ETE deverá estar concluída no próximo mês de junho. Parte do esgoto dos bairros mais próximos (Chácara São João, São Dimas e Modelo), deverá chegar até as lagoas de decantação, porém, ainda não serão tratados. Eduardo Salgado afirmou que vai demorar algum tempo para encher as três lagoas de decantação.

Ao ser indagado sobre o tempo que Amparo poderá realmente ter o seu esgoto tratado, o representante da empresa Freitas Guimarães, responsável pela obra disse acreditar que "deverá demorar mais 12 meses, pelo menos, para todo esgoto coletado pelos 14 Km de tubulação seja finalmente tratado".
Tecnologia do Blogger.