Latest News

Dropdown Menu

Rafael Leopoldi | Prestação de serviços



Outro dia escrevi sobre a nossa sociedade de consumo ou os consumidores são tratados com pouca atenção pelos comerciantes, que ignoram diversos dos pontos do direito do consumidor. Culpa também dos próprios consumidores que não lutam pelos seus direitos.

Mas hoje quero escrever sobre outro direito que é usurpado dos cidadãos todos os dias. O direito de ser bem atendido pelos funcionários públicos dos mais diversos setores de uma administração pública. 

O CIRETRAN de Amparo é um exemplo desta qualidade do atendimento. Quero deixar claro aquí que não estou comentando sobre as pessoas que lá trabalham, na verdade é sobre as pessoas que não trabalham! 

Há algumas semanas fui até o CIRETRAN acompanhar minha namorada para emplacar uma moto. Chegamos no horário agendado (horário do nosso almoço) e nos deparamos com uma fila de carros e motos e apenas 01 funcionário responsável por todos os procedimentos, de checar os documentos, atualizar o sistema, encontrar e finalizar as placas e emplacar o carro. Imaginem o tempo que levamos para sair com a moto emplacada?

Já ontem fui fazer a prova de moto para tirar a habilitação para poder dirigir moto. Uma manhã cheia e longa, acredito que tinham mais de 100 pessoas para fazer a prova. Até ai tudo bem, fiz a prova e passei. Agora basta aguardar para ir buscar minha hablitação na auto escola. 

E ai entra mais uma situação de descaso com as pessoas. Fui informado que dentro de até 30 dias recebo minha habilitação. O CIRETRAN precisa de 30 dias para entregar o documento que me permite pilotar uma moto. O estranho é que há duas semanas um funcionário meu fez a mesma prova para a habilitação de moto mas na cidade de Jaguariúna. Em apenas 4 dias ele já estava com a habilitação nas mãos, com o capacete na cabeça e montado em sua moto andando pela cidade.

Como pode o mesmo serviço ter tamanha diferença de prazos de uma cidade para outra? Não sei qual é o órgão responsável por este serviço, mas sei que quem sofre é sempre a população que não tem outro local para recorrer e fica refém deste tipo de situação. 

Como eu estou no momento, que mesmo aprovado na prova de moto e com uma moto na garagem ainda tenho que esperar as vezes mais de 1 hora em um ponto de ônibus para poder ir trabalhar. 

Para que isso mude, há quem devemos recorrer? Em qual departamento devermos nos dirigir, esperar horas e sermos tratados como nada, encontrar um funcionário despreparado e ver nossa reclamação não dar resultado nenhum.

Mas mesmo assim todos devemos procurar nossos direitos. Faz parte do processo de transformação da nossa sociedade em um lugar mais justo. Pode demorar mas um dia chegaremos lá.
« PREV
NEXT »