Latest News

Dropdown Menu

Rafael Leopoldi | Qual a verdadeira essência do Ser Humano?


O ano novo já não é mais novidade, para muitos acabou aquela sensação de início de uma nova jornada, de que amamos a todos. Exatamente duas semanas após as festas de réveillon acontecerá um evento chamado Super Domingo de Férias, uma tarde para resgatar brincadeiras antigas que as crianças de hoje nem sabem que existem como mãe da rua, queimada, taco, amarelinha, bolinha de gude, corrida do saco entre outras. 

Para organizar tal evento disponibilizei meu tempo e fui atrás de pessoas dispostas a ajudar. A maioria dos empresários ficaram empolgados com a possibilidade de poder ajudar e brincar. 

Postei no Facebook sobre o evento e que precisava de voluntários para me ajudar na organização e vários amigos virtuais se prontificaram a ajudar. Encontramos aqui um Ser Humano com o sentimento de solidariedade e de felicidade por poder fazer parte de um projeto que visa o bem estar de muitas crianças.

Mas nesses mesmos quinze dias vimos uma reportagem na televisão de um homem negociando e vendendo esquemas para falsificar e manipular bombas de combustível de postos de várias cidades para enganar e “roubar” de cidadãos que pagam por um tanque cheio de combustível e recebem até 6 litros a menos que o mostrado na bomba!

Este é apenas um exemplo de uma outra faceta do Ser Humano, que precisa enganar e passar o outro para trás, que precisa ganhar vantagem sempre.

Ainda temos outros exemplos, como compras pela internet que nunca recebemos, equipamentos eletrônicos vendidos que não funcionam, garantias de produtos e serviços que nunca são efetuadas entre tantos outros atos que vemos todos os dias em jornais e na televisão que nem espantados ficamos mais.

Me pergunto sempre como pode uma sociedade de consumo como a nossa deixar o consumidor, a peça fundamental de toda essa estrutura, sempre tão desprotegido. Se o consumidor tivesse um sindicato ou alguma instituição parecida com certeza decidiram que seria feita uma greve de compras. O que aconteceria com a sociedade se o consumidor, que é lesado a todo o instante, ficasse um dia, uma semana sem fazer uma única compra. Imagine qual seria a reação das empresas? Essa é uma pregunta que me faço sempre que uma situação dessas acontece comigo, e infelizmente me pergunto isso com muita frequência.

Mais vamos lembrar que se encontramos muitos Seres Humanos dispostos a tudo para nos enganar e nos passar para trás, encontramos muitos outros com uma vontade enorme de ajudar, de fazer o bem e de dar bons exemplos como os voluntários do Super Domingo de Férias

Portanto cabe a cada um de nós decidir qual Ser Humano gostaríamos de encontrar em nosso caminho e qual desejamos ver quando nos olhamos no espelho.
« PREV
NEXT »